Para que serve o eletroduto?

Os eletrodutos são tubos que carregam a fiação de uma instalação elétrica e têm como função proteger os condutores contra corrosões e ações mecânicas, evitar curto-circuitos, super aquecimento, evitar choques elétricos e ainda funcionam como condutores de proteção.

Os eletrodutos são classificados como rígidos, curváveis e flexíveis. Além disso, eles podem ser metálicos ou isolantes. Os metálicos devem ser protegidos contra corrosões e essa proteção é feita com cobertura de esmalte, galvanização ou banho de zinco, capa externa plástica ou asfáltica ou tinta epóxica.

Os rígidos não podem ser curvados, a não ser com uma ajuda mecânica, e são indicados para lajes e superfícies concretadas, uma vez que não se danificam durante o processo de concretização. Os eletrodutos metálicos rígidos são para paredes finas e de instalações não industriais. Os isolantes rígidos são usados exclusivamente em linhas subterrâneas ou, eventualmente, contidos em canaletas.

Os curváveis podem ser deformados sob ação de uma força transversal aplicada durante um curto intervalo de tempo depois retoma sua forma original logo após a cessação da força, são aplicados em linhas embutidas, principalmente em prédios residenciais, comerciais e análogos.

Fornecido em rolos, os flexíveis são indicados para paredes, por serem fáceis de instalar. Por ser flexível, é possível fazer curvas na parede com ele, mas deve-se evitar curvaturas com ângulos muito fechados, pois podem impedir a passagem dos fios ou cabos.

O PVC é usado tanto na fabricação de eletrodutos flexíveis quanto rígidos. Possui propriedades de isolação térmica, elétrica e à umidade, além de ser um material anti chama quando formulado adequadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *