Filosofia arquitetural: incluir a comunidade no processo

Para construir uma moradia para 100 famílias no Chile a 10 anos atrás, Alejandro Aravena buscou uma inspiração pouco usual: a sabedoria das favelas.

Em vez de construir grandes edifícios com unidades pequenas, ele desenvolver meias unidades flexíveis para cada família expandir. Era um problema complexo, mas com uma solução simples, na qual ele chegou ao trabalhar com as próprias famílias. Com um quadro negro e belas imagens dos seus projetos, Aravena mostra três projetos onde a reformulação inteligente levou ao belo design com grandes benefícios. Confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *