Conheça os diferentes tipos de muro de contenção

Utilizados para barrar enxurradas e sedimentos de terras em obras civis, os muros de contenção são estruturas de parede vertical ou quase vertical apoiadas em uma fundação rasa ou profunda.

Eles podem ser divididos em duas modalidades: gravidade e flexão. Conheça cada uma delas:

Para desníveis: muro de Contenção por gravidade

Utilizados em desníveis de pouca altura (entre 1,5 m a 5 m), os muros de contenção por gravidade são formados por pedras que podem ou não ser argamassadas, concreto, gabiões ou pneus usados, depende de suas características.

Para fazer força: muros de arrimo de flexão

Os muros de flexão resistem às forças, utilizando o seu peso e o do solo contido para se manter em equilíbrio.  Construídas com concreto armado, muros de flexão são estruturas mais esguias e podem ter diversas formas.

  • Muro de Pedra Seca

É o tipo mais simples de arrimo: a construção é fácil e o custo é baixo.

  • Muro de concreto ciclópico

Recomendáveis para contenção de taludes com altura entre 4 e 5 m. A mão de obra exige qualificação devido a utilização de fôrmas.

  • Muro de solo-pneu

Muro de solo-pneu é feito com pneus descartados. Apresenta boa drenabilidade e, normalmente, são obras de fácil construção e de baixo custo. Esse tipo de muro utiliza o solo da própria encosta associado a uma estrutura montado com pneus, amarrados uns aos outros, segundo um arranjo estabelecido em função da altura da encosta e das dimensões do muro.

  • Muro de alvenaria de pedra (com rejunte)

Estes muros possuem uma estrutura rígida, com baixa capacidade de deformação, o que exige bom terreno de fundação, drenagem eficiente e prevenção contra tendência ao deslizamento.
São estruturas economicamente viáveis para alturas de até 3 m e em situações em que há disponibilidade de pedras e mão-de-obra com mínima qualificação.

  • Muro de Concreto armado

Os muros de concreto armado podem ser de vários tipos e têm como principal vantagem diminuir o volume da estrutura de arrimo, embora tenham como fator limitante o seu custo, bem mais elevado que as demais modalidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *