Reforço de Talude com Biomanta

Reforço de Talude para o Controle de Erosão

A proteção de taludes e encostas visa a ação imediata contra o efeito de agentes erosivos e processos de deslocamento de partículas finas do solo, que danificam ou reduzem a capacidade do sistema de drenagem superficial de proteção do corpo estradal, ou ainda favorecem a instabilidade geomecânica destes locais.

A barreira vegetal implantada por qualquer uma das espécies selecionadas se constitui em um Sistema Vegetativo de Controle de Erosão, pois permitem a retenção dos sedimentos transportados durante as chuvas e com a sucessão destas retenções irá formar, ao longo do tempo, um terraço natural atrás das cortinas de Capim Vetiver(1), capim limão ou bambu, evitando a degradação do solo e quebrando a intensidade do fluxo descendente das águas pluviais.

A aplicação das mantas ou telas antierosivas sobre o solo de fraca estrutura e grande fragilidade ao processo erosivo tem sido bastante útil, pois, insere na superfície do mesmo uma nova estrutura  que  permitirá o desenvolvimento das  espécies  vegetais  selecionadas, coma também, o restabelecimento do sistema de drenagem natural.

Do mesma forma, permitirá proteger taludes  com  extensões maiores contra o processo erosivo, evitando o retaludamento do mesmo.

Estes dispositivos fundamentados na bioengenharia, são de grande utilidade na obturação de escorregamentos parciais de taludes ou encostas, associados a formação de erosões  em sulcos ou  ravinas, reconstituindo-os  à superfície primitiva e agregando o aspecto visual  agradável de reintegração ao ambiente circundante.

(1) O Capim Vetiver (Vetiveria zizanioides) recentemente reclassificado como (Chrysopogon zizanioides) é uma planta originária da Índia, da família das gramíneas, com crescimento em forma de touceira. Apresenta características ecológicas e fisiológicas únicas no mundo. Possui sementes estéreis, não representando perigo em torna-se invasora. Suas raízes excepcionais, tem capacidade de grampear diferentes camadas de solo, além de retirar poluentes. Por estas e outras qualidades, o Capim Vetiver é considerada uma das maiores ferramentas da Bioengenharia.

Vantagens do Capim Vetiver:

  • Não é uma planta invasora, se reproduzindo apenas por mudas;
  •  Baixo custo de implementação e manutenção;
  • Resistente a queimadas e alagamentos;
  • Desenvolve-se em diferentes tipos de climas, solos, PH, toxidez e salinidade;
  • Incrível sistema de raízes, podendo chegar a mais de 3 metros;
  • É recomendado por importantes instituições como: Conselho Nacional de Pesquisa dos EUA, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte – DNIT e Embrapa.

Processo de recuperação de área degradada

 

Leia mais: Muros de contenção e taludes reforçados.

2 thoughts on “Reforço de Talude com Biomanta

    1. Boa tarde Sr. Emílio!
      Entre em contato conosco pelo telefone nº 0800 378 8500 converse com um de nossos especialistas no depto. comercial.
      Teremos a melhor solução para executar a proteção adequada ao seu caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *