Antes e depois: a trajetória de Dubai

Dubai é conhecida mundialmente por seus enormes arranha-céus e largas avenidas. Depois de Abu Dhabi, Dubai tem a maior população e é o segundo maior emirado por área.

A mudança arquitetônica é o que mais impressiona em Dubai. O deserto se transformou em jardins por causa do chamativo e cuidadoso paisagismo; o antigo solo árido foi redesenhado a partir dos lagos criados com a água do mar dessalinizada.

As edificações que mais se destacam são: as Emirates Towers; o National Bank of Dubai; e Burj Al-Arab, o primeiro hotel “sete estrelas” do mundo, construído sobre uma ilha artificial próxima à costa de Dubai.

A cidade ainda abriga o maior prédio do mundo projetado pelo arquiteto americano Adrian Smith. Com 828 metros de altura, o Burj Khalifa gastou 330 mil m³ de concreto, 31.400 mil toneladas de aço e 28 mil painéis de vidro.

Burj Khalifa

Trajetória de Dubai

inicio trajetorio dubai

Século XIX

No início do Século XIX, Dubai já era importante polo de comércio e movimentado porto de escala para os comerciantes estrangeiros, principalmente para os que vinham da Índia.

1960

Na década de 60, com o declínio do comércio de pérolas, inicia-se a exploração do petróleo, fato que impulsiona o desenvolvimento urbano e atrai imigrantes de todos os continentes.

1990

Na dédade de 90, Dubai começa a expandir-se para outras áreas adjacentes à cidade velha.

1993

A expansão acontece à velocidade da luz e Dubai dá evidências de que se tornaria uma cidade de grandes proporções.

trajetoria 2 dubai

2003

Em poucos anos, o lugar já se transformara em megalópole, apresentando a silhueta das populosas cidades ocidentais.

2007

Dubai consolida-se como centro de modernidade urbana, com projetos idealizados por arquitetos de renome mundial.

trajetoria 3 dubai

2009

A cidade já apresenta sinais de saturação imobiliária. A especulação e os investimentos foram altos e os seus administradores se dão conta de que não tiveram o retorno qualitativo e quantitativo que esperavam.

2012

De todo modo, as construções prosseguem e a cidade cada vez mais é conhecida pela sua feição futurista, marcada por grandes eventos esportivos e culturais. Dubai firma-se como a Meca do Turismo e do Consumo no mundo árabe.

Fonte: Carlos Romero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *